Eleições 2018: Possível fusão entre DEM, PSB e PSD colocaria Acm Neto, Lídice e Otto no mesmo palanque

Por Irlander Bacelar 14/07/2017 - 11:03 hs

Corre nos bastidores em Brasília que já existe uma articulação visando a união entre o DEM, PSB e PSD, que resultaria num grande partido “Liberal-Social”, com 102 cadeiras na Câmara dos Deputados, suficiente para superar a supremacia do PMDB, que tem 63. O novo partido se chamaria “Centro Democrático”, publicou Lauro Jardim na sua coluna em O GLOBO.

O articulista Josias de Souza também escreveu sobre o assunto. De acordo com a coluna “o Senador petrolinense Fernando Bezerra Coelho, do PSB, seria um dos articuladores dessa fusão”, que poderia gerar cenas inusitadas em vários estados, a exemplo da Bahia, onde Lídice da Mata, Otto Alencar e ACM Neto estariam no mesmo palanque.

Toda movimentação em torno da fusão tem como pano de fundo a possibilidade de Rodrigo Maia assumir a cadeira presencial numa possível queda de Michel Temer.

De acordo com a coluna de Josias de Souza, no PSB “o barulinho que se ouve ao fundo é o ruído de um fundador da legenda, o ex-governador pernambucano Miguel Arraes, se virando no Túmulo.”.

Geraldo José