Hidrômetros furtados do SAAE são encontrados em ferro velho de Juazeiro

Por Irlander Bacelar 16/08/2017 - 11:31 hs

Uma média de 20 hidrômetros, utilizados para medir o consumo de água nas residências, são furtados diariamente em Juazeiro, causando um enorme prejuízo para o Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE. E foi em um ferro velho no bairro D. José Rodrigues que a Polícia Civil localizou na manhã desta terça-feira (15), 39 hidrômetros de propriedade do SAAE, furtados nos bairros Malhada da Areia, Argemiro e Codevasf.

A comerciante Valdiene Barbosa da Silva, dona do Sucatão Eloarda deverá ser indiciada por receptação de equipamento público e formação de quadrilha. “Começamos a investigar depois de observar o número de ocorrências de furto de hidrômetros. Acreditamos que o furto seja praticado por usuários de drogas que vendem o equipamento a R$ 5 o quilo. Vamos continuar as buscas para identificar outros estabelecimentos que estejam receptando este material”, completou o delegado Reginaldo César.

A direção do SAAE acredita que essa prática vem se tornando comum nos bairros periféricos de Juazeiro pelo valor comercial do bronze existente nos hidrômetros e a preocupação é de que, além do prejuízo material há também o desperdício de água. “Quando o medidor é arrancado a tubulação acaba quebrando e jorrando água. Agradecemos à Policia Civil pelo apoio que sempre tem dado às equipes do SAAE quando solicitada para ações desse tipo. Orientamos a todos os usuários que tenham seus hidrômetros furtados a fazerem o Boletim de Ocorrência na  delegacia para facilitar o trabalho da policia, e o SAAE possa fazer a reposição do medidor”, explica Joaquim Neto, diretor do SAAE.

Antônio Pedro/Ascom SAAE