Incêndio em Pilão Arcado continua destruindo a caatinga e matando animais silvestres

Por RemansoNet 16/10/2017 - 12:02 hs

A leitora Karine entrou em contato com o Blog solicitando ajuda no sentido de mobilizar o Governo do Estado, a Casa Civil, Defesa Civil e Governadoria para uma ação efetiva contra o incêndio em Pilão Arcado no território Sertão do São Francisco: “A Caatinga, os animais, as famílias e toda a biodiversidade pedem SOCORRO!” expressou na mensagem a este veículo de comunicação.

Já se passaram mais de doze dias de incêndio na caatinga na zona oeste do município de Pilão Arcado, entre os povoados de Mandarino, Brejo da Serra, Jurema dos Devesas e Zé Lopes.

O incêndio já destruiu mais de 200 hectares do bioma caatinga, matando animais silvestres e atingindo dezenas de propriedades rurais sem falar nos riscos que à população está enfrentando.

O vereador Luiz Claudio e o funcionário da prefeitura Onildo Lopez estiveram sábado (12/10) na região para realizar o reconhecimento das áreas atingidas e assistir de perto a magnitude da situação e conceder apoio à população, visto que até o momento o corpo de bombeiros regional não se manifestou. ”Estamos aqui para realizar o reconhecimento da área e conceder total a apoio as populações” disse o vereador Luiz Claudio.

O corpo de bombeiros mais próximo está à cerca 300 km, na cidade de Juazeiro, não existe brigadistas e os moradores não foram treinados para enfrentar  situação como esta.

Informações: Karine e Thiago Peixe