Brasileiros são os que menos confiam em democracia na América Latina, diz pesquisa

Por RemansoNet 29/10/2017 - 08:46 hs

Uma pesquisa realizada em dezoito países da América Latina revelou que os brasileiros são os mais insatisfeitos com a democracia. Somente 13% dos brasileiros responderam estar “muito satisfeitos” e “satisfeitos” com ela, segundo o levantamento da Latinobarómetro.

De acordo com a pesquisa, apresentada nesta sexta-feira em Buenos Aires, o índice de satisfação dos brasileiros ficou abaixo da média da região, que é de 30%. Os cinco primeiros mais satisfeitos com a democracia em seus países são Uruguai (57%), Nicarágua (52%), Equador (51%), Costa Rica (45%) e Argentina (38%).

Foram ouvidas 20,2 mil pessoas na região, entre junho e agosto deste ano. O levantamento é anual e vem sendo realizado desde 1995.

A pesquisadora ressalva, porém, que a pesquisa não aborda temas específicos como a impopularidade do presidente Michel Temer ou a destituição da ex-presidente Dilma Rousseff. Mas quando a questão é a aprovação do governo em vigor, o Brasil voltou a ficar em último lugar, com apenas 6% respondendo que o “aprovam”. Neste item, a média na região foi de 36%, com a Nicarágua (67%), o Equador (66%) e a Bolívia (57%) figurando entre os três primeiros colocados.

O Brasil volta a ser lanterninha no ranking quando o tema abordado é a confiança entre as pessoas. Após ouvir a pergunta “É possível confiar na maioria das pessoas?”, apenas 7% dos brasileiros disseram que sim. Entre os que menos confiam, logo acima do Brasil, estão Paraguai (8%) e Venezuela (9%). Chile e Equador, com 23% cada, registraram o maior percentual de confiança.

Confiança no Congresso

A pesquisa mostrou também que somente 11% das pessoas no país confiam “muito” ou “razoavelmente” no Congresso Nacional. Neste ranking, o Brasil ficou em penúltimo lugar – a lanterna ficou com o Paraguai, com 10%. A Venezuela (37%), o Uruguai (34%) e a Bolívia (32%) estão entre os que mais confiam em seus parlamentos.

No histórico da pesquisa, feita em pouco mais de vinte anos, a confiança do brasileiro em relação à democracia foi maior em 2010, com 54%. Naquele ano, 80% das pessoas no país diziam ver na democracia o melhor sistema – o índice agora é de 62%.

Quando perguntados sobre “qual é na sua visão o principal problema do país: se a corrupção, a situação política ou a educação?”, 31% dos brasileiros responderam “corrupção”. Na média, a corrupção preocupa apenas 10% na região.

A pesquisa mostrou ainda que 44% dos brasileiros disseram ter sido vítimas de algum delito (assaltado/agredido ou outro). No México, este índice foi de 58% e na Venezuela de 50%. A média na região foi de 37%.

O país ficou próximo da média, de 37%, quando o assunto é as perspectivas sobre a economia – 44% dos brasileiros (mesmo índice que os argentinos) responderam que ficará melhor. Mas quando o assunto é o medo do desemprego, o Brasil lidera: 61% disseram estar “muito preocupados” e “preocupados” em ficar sem emprego nos próximos doze meses. (fonte: BBC Brasil/ foto: reprodução)